FETICHES E BDSM

Blog dedicado aos que estão iniciando no universo BDSM e FETICHISTA, e ainda tem muitas dúvidas a serem esclarecidas.

Primeira vez no SM-Sem Mistério? Mestre Yago Sugere que sigam para o 1º post. Clique na imagem abaixo.



Quer informação? Não encontrou no Blog?

Pergunte! Não quer aparecer?

Mande um e-mail:

Área Especial - Fetiche por Vampiros

Caros Amigos,
Havia aqui uma área dedicada a Vampirismo. Sentindo falta? Ela virou um novo blog chamado: Vampiro - A Eternidade da Solidão.
O endereço é http://asasdevampiro.blogspot.com/ - onde estamos postando novas trilhas sonoras, filmes, livros e artigos. Sem contar o material que já havia aqui: Filmes Clássicos sobre Vampirismo, Recentes (como o maravilhoso "Deixe Ela Entrar"), Trilhas incríveis (como "Fome de Viver"), o Livro perdido de Paulo Coelho ("Manual Prático do Vampirismo")...
Clique na imagem abaixo para ir Direto ao Blog

A Boutique Erótica Sem Mistério

A Boutique Erótica e Fetichista que oferece produtos dos mais simples aos mais exóticos, reunindo artesões, importando e formando parcerias, para que nossos amigos possam encontrar o que procuram no mesmo lugar. Ela já se consolida e faz parte de nosso BLOG.

SM Shop - Fetiche Shop - Sex Shop - BDSM Artesanal - BDSM 4 Utopia (portugal)

Sobre a DOR

Postado | por MY | em ,

filmes de hj
bondage c/ metais - Jade
Femdom - Domina Jean Bork
slave oriental (explícito)


Dor e BDSM

Tem alguns dias me pediram pra explicar a dor no BDSM. De cara aviso, este é um assunto que pode ser abordado de vários ângulos e com muitas verdades. Aliás a verdade sobre esse tema, a única verdade que acho absoluta, é aquela que você concluí no presente pra si própria(o). E veja, friso "no presente", pois ela pode mutar com o tempo.

Mas enfim, vou abordar por dois pontos de vista: um que remete a ciência e outro que remete a religião.



Religioso

Capítulo longo, mas sendo prático e rápido, nós, ocidentais, fomos criados em uma sociedade milenar de repressão sexual. A igreja controlou e repreendeu o livre ato sexual durante muito e muito tempo. E creia você ou não, carregamos esse comportamento sexualmente reprimido heriditáriamente, mesmo tendo sido criado em famílias liberais. A repreessão ao ato sexual descompromissado, fora do compromisso matrimonial e sem a finalidade reprodutória, é embutido preconceituosamente em nossa genética desde a mais tenra idade. Negue essa afirmação quem nunca usou uma dessas frases:
- Olha lá a putinha.
- Aquela cara é galinha.
- Xiii, la vem a bichicha.
- Quem? aquela biscate?
- Ó o corno manso entrando!!!
e outras tantas, mais baixas, pesadas e taxativas que essa.
Qual seria o comportamento esperado pela sociedade? Abstinência sexual, monogamia, heterossexualidade, matrimônio, etc, etc. Ou seja, controle do comportamento sexual.
Mas mestre, e a revolução sexual? E a conquista dos anos 60 até os 80, a luta pela liberdade e diverssidade? E os avanços das comunidades GLS? Hoje temos até a parada Gay!!
Pergunta que se responde por si própira. Temos a parada Gay!
Continuamos classificando. Não são humanos. Não são pessoas. São Gays, lésbicas, Bi. Nossa comunidade também. Reprimida e no armário. A mente sádica doente, a masoquista auto destrutiva, o portador de uma parafilia, etc... Quantos perfis com fotos e dados que possibilitem o reconhecimento da pessoa, você encontra no Orkut?
Ou seja. Liberdade Sexual, nada! Liberdade de expressão sexual, nenhuma. Continuamos os marginais hereges do cristianismo.
No BDSM, um dos contextos da dor (mesmo incosciente), é este: Purgar a culpa. Estar sendo punida(o), estar exposto ao castigo, estar escravizado, estar servindo, sendo comandado explícta e conscientemente, retira, isenta a culpa.
Funciona como um ser punido por antecipação. Já paguei pelo meu mau comportamento. Já fui punido antes mesmo do ato acontecer.
Ou como no mito do vampiro: você foi seduzido(a), estava sob o comando de um Mestre, de uma Domme. Ele(a) é o condutor, o que determina o caminho, o culpado, é ele. ele é o(a) promíscuo(a). Você, estava apenas servindo. Portanto, livre pra sentir prazer.



Ciência

Bom aqui é mais complexo e de numerosas abordagens. Daria pra fazer um tratado, mas vou abordar de uma forma simplista ao extremo.
Mova seu dedo. Não... não é uma metáfora. Mova seu dedo! Quem se mexeu? O dedo solitariamente, ou o dedo sob o comando específicio de uma parte do seu cérebro?
Pois é. O sexo que praticamos baunilhamente, não é muito diferente disso. Fazemos mais sexo com o cérebro do que com O TODO.
Fazer sexo com o cérebro significa geralmente não estar presente. O cérebro fica se movendo, indo pro passado, (revivendo como deveria estar sendo aquele ato, por exemplo), ou para o futuro (preso as consequencias, ou como será a próxima trepada). O cérebro, principalmente quando não verbaliza, fica praticando achismo. Será que ele(a) está gostando? Isso é bom... mas não poderia estar fazendo assim?.... e daí and infinitum...
E olha.... com sorte vencendo tudo isso, ainda assim, 99,9 % das vezes será o cérebro e, o pinto ou a buceta, fazendo sexo. E toooooooooooooooodo o resto? quando entra no jogo?
Mas mestre que todo o resto?
Gente, estamos falando de uma das energias mais poderosas que pertencem ao ser humano... Uma energia tão imensa que é capaz de brincar de Deus e produzir uma outra vida. Toooodo o resto é tudo! Seu corpo inteiro, todos os seus sentindos estarem alí, toda a reação química estar em função daquilo, todo o seu espírito estar participando daquele ato.
A coisa, é que, a equação cérebro + repressão = sexo meia boca. A verdade é que o cérebro não ajuda muito nesse momento, ou melhor... ele atrapalha.
Aqui entra a função dor no BDSM. O que a dor faz? ela manipula o cérebro. Ela coloca o cérebro no presente. Ocupa o cérebro pra que ele não vá para o futuro ou para o passado, que ele não exercite o achismo. Pois tem algo que ele reconhece e acredita que está acontencendo agora, e ele vai se preocupar com aquilo, vai tentar controlar aquilo. E aquilo se chama dor. Então o cérebro torna-se prisioneiro da dor e liberta tooooooooooodo o resto pra sentir. Pois ele não pode controlar tudo ao mesmo tempo. Enquanto ele está lá, ocupado com a dor, toooooooodo o resto do corpo, da química, do espírito, fica livre pra sentir, se envolver, estar, plenamente vivencindo apenas aquele momento. O tooooooooooooooodo está envolvido com o que está acontecendo no momento, até o cérebro que foi manipulado pela dor.
Tanto homens como mulheres, que tiveram sessões plenas BDSM que culminaram de uma forma ou de outra em orgasmo, já se afirmaram que aquele gozo foi dirente de tudo que já havia sentido (e quem viveu sabe do que estou falando).



Limites da dor

Mais um tratado aqui. Então vou me ater a falar à quem nunca viveu. Dor por dor, não causa prazer. É um contexto inteiro que vai dar significado a Dor. Sem aprofundar, mas existe um que de "estado de dor" no orgasmo, em qualquer relação sexual. Reconhecer esse estado prazeroso natural é entender a natural expansão e intensificação desse estado numa relação BDSM. Relembrando o que falei acima a dor, faz com que todos os sentindos estejam presentes numa sessão BDSM, seu todo vai lhe dizer claramente quando a dor prazer, passa a ser apenas dor por dor, sem nenhum sentindo. isso se chama limite. E aqui entra a consensualidade, aqui entra a Safe Word. E quando o todo está envolvido, não será o cérebro que vai tentar manipular esse limite, pois se lembram, ele está sendo manipulado pela dor. O que vai acontecer é um diálogo imaginário assim:

Cérebro - ta doendo
Todo - é dói... e está me dando muiiiiiiiiito prazer
Cérebro- tá doendo... é... mas vc tá sentindo prazer.

ou

Todo - Upa... ta só doendo
Cérebro - Upa ta doendo
O todo + o cérebro = Safe word.


Mas essa matemática não é da física Newtoniana, está mais para física quântica, pois o limite aqui é absolutamente relativo. Qualquer masoca vai dizer que ja teve dia de suportar torturas e mais torturas e em nenhum momento sequer, a safe lhe passou perto. Porém tiveram sessões que nas primeiras chibatadas a safe foi inevitável. Qual a relatividade? O contexto, a cena, os envolvidos, o momento, o tooooooooooooooooodo....
Portanto, pra quem nunca teve uma sessão real e sofre antecipadamente com o limite da sua dor, vai uma dica: Se preocupe muito mais com o chato do seu cérebro e com o peso da repressão sexual que está em seus ombros. eles vão trabalhar contra você, a dor vai trabalhar ao seu favor, não tenha dúvida.

...e não esqueça. BDSM é São Seguro e Consensual (SSC). Naõ existe espaço para achometros, não ache que seu dono(a) sabe que existe Safe Word. Combinar uma safe não é insubmissão, é segurança.






FILMES DE HOJE
BDSM EXPLÍCITO
E MUITA DOR


O primeiro filme é para quem gosta de equipamentos de metal. Existem alguns sites especialistas na produção de filmes neste gênero, fora do Brasil.

Aqui disponibilizo um muiiiiiiiiiiito bom da série Infernal



JADE


jade
http://rs252.rapidshare.com/files/185535422/Jade-bdsm.part1.rar
http://rs237.rapidshare.com/files/185542861/Jade-bdsm.part2.rar
http://rs519.rapidshare.com/files/185543614/Jade-bdsm.part3.rar




O Segundo é dedicado as Dommes

Bdsm-Femdom
The English Dungeon
Domina Jean Bork

http://depositfiles.com/pt/files/1901994

depositfiles






E o terceiro é uma linda sequencia
de Tortura man x fem oriental

Slave Oriental

http://www.filestube.com/6f40d41064f82c1103e9/go.html
megaupload






Comments (0)

Postar um comentário

Comente Sem Mistério

Assine nosso Newsletter

Receba um resumo das novas postagens é só COLAR seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Obrigado por seguir Sem Mistério
Siga Você também

Links de filmes que não funcionam

Links Revistos em 03 de julho de 2010

Meus caros, como o SM Sem Mistério não faz upload de nenhum filme ou outro material, alguns links, com o passar do tempo se quebram, por motivos alheios a nosssa vontade. E nós não temos como ficar checando-os periodicamente, portanto quando encontrar um link que não funcione, avise por um comentário ou e-mail. Tentaremos encontrar um novo.

Autores do Blog

Termos De Uso

O SM-Sem Mistério não hospeda e não faz upload de nenhum arquivo, apenas indica onde encontrá-los. Todos os arquivos estão hospedados na internet, o usuário deverá estar ciente que ao baixar algum material que possua direitos autorais, deverá permanecer com o mesmo, em seu computador, por apenas 24 horas, após esse prazo, deverá comprá-lo ou apagá-lo.
BlogBlogs.Com.Br